gestão do conhecimento em distribuidoras

Por que a gestão do conhecimento em distribuidoras ajuda a ganhar tempo e dinheiro

gestão do conhecimento em distribuidorasA gestão do conhecimento em distribuidoras é uma forma de atender as demandas coletivas de um ambiente que, é por si só altamente competitivo, usando o conhecimento como estratégia gerencial da empresa.

O grande desafio é gerenciar de forma inteligente, ordenada, sistematizada e eficaz todos os dados e informações que possam se transformar em conhecimento, essencial para otimização das operações de um atacadista distribuidor. Essas informações podem ser preço, marca, embalagem, distribuição, demandas etc.

Quando há o intercâmbio de dados da cadeia de suprimento entre varejista e distribuidor, o fluxo de compra e venda melhora para ambos. Os parceiros podem eliminar informações duplicadas e partilhar aquelas relevantes, como aumento da demanda por um produto em determinada época do ano, por exemplo. Para essa partilha de informações é importante a utilização de sistemas integrados e que possibilite intercâmbios utilizando tecnologias, tais como: EDI (Eletronic Data Interchange) e VMI (Vendor Managed Inventory).

Para J. C. Terra, autor da obra “Por que investir em Conhecimento?”, investir em conhecimentos pode trazer retornos exponenciais. Segundo o autor, a gestão do conhecimento “aumenta a flexibilidade organizacional, causa maior sinergia nas relações entre as pessoas de uma organização e, ao se inserir na cultura organizacional, garante vantagens competitivas duradouras”.

Mas para que essa troca de conhecimento possa acontecer, deve haver um sistema que armazene as informações eletronicamente. O mais comum é o ERP (Enterprise Resource Planning). Nele, dados estratégicos podem ser guardados, analisados e compartilhados com parceiros. Além de economizar tempo na busca por informações, uma vez que o ERP pode funcionar como um repositório de conhecimento, a ferramenta ainda contribui para a diminuição de erros. O sistema torna  a comunicação interna mais fácil e eficiente porque permite a integração de todos os sistemas da empresa, sejam eles relacionado à área financeira, ao setor de RH, de marketing ou operacional.

Que outras vantagens a gestão do conhecimento em distribuidoras pode trazer? Deixa suas sugestões nos comentários.

Crédito de imagem: geralt/CC

hb.mdm-7-erros-

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *