Young people in the office

Minha equipe de distribuição precisa crescer. E agora?

Young people in the office

Young people in the office

Se sua distribuidora cresceu, certamente a estrutura e a equipe de distribuição terão que acompanhar esse movimento. Para isso, além da contratação de pessoal, é preciso investir mais em tecnologia e em uma gestão que garanta coesão da equipe e produtividade. Falamos mais sobre cada um desses pontos abaixo:

Passo a passo para a equipe de distribuição crescer

1. Contratação

Chega a hora da contratação, é preciso buscar pessoas com facilidade de se relacionar com clientes, fornecedores e colegas de trabalho para formar a equipe de distribuição. Além disso, elas devem estar dispostas a seguir e sugerir mudanças de procedimentos, sempre procurando a melhor maneira de aumentar a produtividade. As características de um bom colaborador podem ser resumidas na sigla CHA: conhecimentos, habilidades e atitudes. Essas áreas de atuação e desempenho humano estão divididas em três domínios principais que o gestor de RH precisa estar atento na hora da contratação:

– Domínio psicomotor (habilidades e destreza física);

– Domínio cognitivo (conhecimento) e

– Domínio afetivo (normalmente entendido como atitudinal).

Confira este post sobre as características que um bom profissional de logística deve ter.

2. Tecnologia

Uma pequena distribuidora que possui uma frota de três veículos, por exemplo, ainda consegue administrar suas entregas no papel. Mas quando a demanda cresce e a estrutura também, a tecnologia torna-se indispensável. Monitorar a equipe de distribuição e o volume de pedidos fica difícil se não existe uma solução que suporte tantos dados gerados diariamente. A empresa passa a buscar também maneiras de otimizar custos e tempo. Nesse momento, é preciso analisar as necessidades da distribuidora e que ferramentas se adequam melhor a essa realidade.

3. Gestão

Quando a equipe de distribuição cresce, gerir mais pessoas demanda mais tempo, atenção e planejamento. Se a equipe ficou muito grande, talvez contratar um subgerente seja uma boa ideia. Além disso, o número de colaboradores e setores vai exigir mais reuniões. Com setores separados, essas reuniões precisam ser separadas, mas o gestor deve prever algumas gerais também. Com a equipe maior, a chance de uma estratégia não ser seguida e de metas serem esquecidas por um setor é muito maior. A integração também é mais complexa.

Entendeu por que você precisa planejar o crescimento da equipe de distribuição? Deixe seu comentário.

7-erros-que-distribuidores-não-podem-cometer

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *