distribuição de materiais de construção

Distribuição de materiais de construção: cuidados e desafios do setor

distribuição de materiais de construçãoNo ano passado, o varejo de materiais de construção brasileiro movimentou cerca de R$ 100 bilhões. Isso corresponde a quase 2% do PIB nacional. O que talvez você não saiba é que mais de 60% do setor está concentrado nas pequenas lojas de bairro, que tem como fornecedores atacadistas e distribuidores em sua grande maioria. Essa pode ser uma grande oportunidade para o setor de distribuição de materiais de construção.

Como aproveitar oportunidades na área de distribuição de materiais de construção?

Pensando em um mercado de quase 120 mil lojas especializadas nessa categoria de produto, e também nos pequenos supermercados e varejos de vizinhança, foi criado no ano passado, durante a ABAD 2013 Fortaleza, o comitê Matcon. A intenção é criar uma linguagem comum ao setor, envolvendo indústria, varejo e atacado distribuidor. Além de prezar pela colaboração, o comitê pretende capacitar o pequeno varejista e o profissional da construção já que nos últimos anos, a busca do brasileiro por construir e reformar tem gerado alta demanda por produtos de alvenaria, encanamento, fiação elétrica e acabamento.

Em entrevista para o anuário ABAD 2014, o coordenador do comitê Matcon, Guilherme Tiezzi, afirmou queo mercado de distribuição de materiais de construção continua com excelentes perspectivas e deve ser um dos pontos fortes do atacado nos próximos anos. De acordo com ele, “o objetivo, ao criar o comitê, foi o de orientar o desenvolvimento de um plano de ação, apontando caminhos de atuação e colaboração da ABAD junto ao setor da construção civil”.

Dentro do planejamento, está a proposta por uma definição clara das categorias de produtos do segmento de materiais de construção (hoje há mais de 70) e também a segmentação e classificação dos varejistas que atuam com essas categorias de produtos. Ao mesmo tempo, o comitê quer desenvolver programas de capacitação para pequenos comerciantes e profissionais do setor.

Você também acredita que há uma grande oportunidade para o crescimento e desenvolvimento da distribuição de materiais de construção no Brasil? Deixe sua opinião na área de comentários.

Crédito de imagem: cegoh/CC

boas-práticas-normas-para-armazenagem-e-distribuição

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *