dificuldades nas entregas

5 dificuldades nas entregas que podem ser evitadas

dificuldades nas entregasA logística de distribuição é extremamente importante para driblar dificuldades nas entregas e conseguir a satisfação plena do cliente, que é a menor distância entre a expectativa e a realidade. Quando se entrega um pedido no prazo correto, sem danos nas embalagens ou erro no faturamento, ganha-se a confiança do varejista.

Tudo começa na conclusão da venda, quando o pedido é encaminhado ao armazém ou centro de distribuição, onde o conferente precisa localizar e separar a mercadoria. Depois disso, esse pedido ainda será conferido, antes que saia da central. Com o caminhão carregado, é chegada a hora de traçar rotas e seguir para a entrega. A realização dessas etapas com atenção pode ser a garantia de um serviço de entrega eficiente. Sabendo disso, separamos as 5 principais dificuldades nas entregas e maneiras simples de evitá-las.

O que pode estar causando dificuldades nas entregas?

1. Falta de produtos em estoque

Vender um produto que não está disponível no armazém é um grande erro. Para isso, um sistema de gestão de estoques é fundamental. Entrada e saída de mercadorias necessitam ser atualizadas constantemente, evitando o contratempo de providenciar produtos na última hora.

2. Divergências: mercadorias em quantidade e marca errada

Essas dificuldades nas entregas podem estar relacionadas à falta de treinamento dos colaboradores para separar os produtos no estoque e nas entregas. Se for identificado que a conferência na hora do despacho dos produtos é a causa da divergência, recomendamos um treinamento mais intenso com os profissionais responsáveis por essa etapa. Outro motivo comum nesses casos é a falta de integração entre os sistemas, que além de gerar erros de informação, pode gerar retrabalho.

3. Atraso nas entregas

O tempo maior que o previsto para a entrega pode ter relação com o processo anterior ao carregamento do veículo ou com a equipe responsável pelo transporte. Supondo-se que estas dificuldades nas entregas acontecem durante a fase de transporte, algumas ações podem ser planejadas. O motorista está desviando da rota? Houve problema mecânico no caminho? O veículo ficou mais tempo que o previsto em um dos pontos de venda? Uma série de questões podem ser levantadas e nessa hora um sistema de gestão de entregas pode responder todas essas perguntas e munir o gestor de entregas de informações indispensáveis para repensar as operações.

4. Rotas mal traçadas

Os custos referentes a rotas mal traçadas são inúmeros, desde gasto com combustível e manutenção até as horas perdidas na estrada. Se um veículo passa pelo mesmo local de outra entrega, sendo que elas poderiam ser feitas na sequência pelo mesmo veículo, mas não foram, esse é considerado um problema com a rota. Um roteirizador é capaz de sanar essas dificuldades nas entregas traçar esses caminhos da maneira mais eficiente possível, respeitando é claro, as condições de entrega do varejista, como data e horário.

5. Falta de comunicação entre frota e central

Sem comunicação entre frota e central, informações essenciais para uma gestão eficiente ficam restritas a equipe de entregas até que ela volte à central com os resultados. Dificuldades e problemas que surjam no caminho também precisam ser detectados em tempo real para que haja tempo hábil para tomada de decisão mais assertiva. A comunicação pode ser feita via telefone celular ou por meio de um sistema de gestão de entregas. Há sistemas que possibilitam acompanhar em tempo real as atividades realizadas pela frota, localizar os veículos e acompanhar o status de entrega.

Não enxergar essas dificuldades nas entregas ou mesmo não fazer nada para diminuí-las, certamente irá reduzir os níveis de qualidade da entrega, o que resultará em um cliente insatisfeito e na perda de competitividade.

Que outras dificuldades nas entregas você acha que podem ser evitadas? Como? Compartilhe seu conhecimento no campo de comentários, logo abaixo.

Crédito de imagem: /CC

Como implantar uma solução de apoio a distribuição

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *