desperdícios no armazém

3 dicas para evitar desperdícios no armazém

Feel free to use this image, just link to www.SeniorLiving.Org

A logística está sempre em busca de redução de custos e aumento da produtividade. Para atingir esses objetivos, diversas medidas podem ser implementadas, como um bom planejamento e a utilização de tecnologia. Mas outras tarefas diárias também contribuem para otimizar o trabalho nesse ambiente. Pensando nisso, separamos 3 dicas para evitar desperdícios no armazém. Confira.

Como diminuir desperdícios no armazém?

1. Controle de estoque

O primeiro passo para evitar desperdícios no armazém é fazer controle de estoque. Para isso, a distribuidora deve começar com um planejamento para prever quais os SKU e suas respectivas quantidades serão armazenadas no Centro de Distribuição ou Armazém.

O ideal é que não haja excesso de estoque nos endereços e para isso, deve-se buscar uma ocupação inteligente da capacidade volumétrica, evitando tanto a sobrecarga ou escassez de produtos no armazém.

É de extrema importância manter um alto grau de similaridade entre os estoques físico (o que realmente existe) e o lógico (controlado pelo WMS), para evitar divergências de inventário.  Desperdícios como movimentações desnecessárias e atividades que não agregam valor como conferências e ajuste de estoque resultam desse problema, sem falar no atraso de entregas, produtos irregulares, faltas, devoluções e descontentamento do cliente.

É fundamental calcular o dimensionamento do buffer (pulmão) e o estoque de segurança do picking (separação) para cada SKU, a fim de que o reabastecimento ocorra “just in time” com a fluidez desejada, evitando atraso ao cliente e desperdícios como espera e ociosidade.

2. Gestão das entregas

Além do mau aproveitamento do espaço, outro desperdício comum em um armazém é a espera. Por exemplo, se o gestor do armazém se programa para carregar um caminhão às 10h e a equipe não está preparada, o motorista terá que aguardar mais tempo no local, prejudicando outras atividades. Por isso, é fundamental que o armazém faça a gestão das entregas com a precisão de um relógio, organizando quais mercadorias serão separadas e carregadas em determinados horários.

Essa tarefa também contribui para o controle do tempo em casos de devolução, quando o motorista precisa retornar ao armazém com a mercadoria. Se o gestor estiver monitorando a entrega em tempo real, ele tomará conhecimento da devolução com antecedência e poderá planejar junto à equipe o descarregamento do veículo e a correta armazenagem da mercadoria no menor intervalo de tempo possível.

3. Organize as mercadorias

Com uma disposição inteligente das mercadorias no armazém ou centro de distribuição, a equipe consegue encontrar os produtos com facilidade e se deslocar com rapidez para a separação e carregamento, evitando movimentações desnecessárias como a procura de produtos. Deve-se saber em tempo real onde os produtos estão, e um bom planejamento aliado à tecnologia podem contribuir muito para evitar esse desperdício.
Você possui alguma outra prática para evitar desperdícios no armazém? Compartilhe pelos comentários abaixo.

Crédito de imagem: OpenClips/cc

produtos-com-avarias-cta

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *