como-controlar-transferencias

3 dicas sobre como controlar transferências de mercadoria entre os centros de distribuição

como-controlar-transferencias

Já falamos algumas vezes aqui no blog sobre como sua empresa pode otimizar as entregas utilizando sistemas de roteirização e monitoramento. Mas quando se pensa em monitorar movimentações de mercadoria, é comum focar apenas na relação com o cliente. Acontece que, no dia a dia de uma fábrica ou distribuidora, há outras necessidades de transporte, como a que ocorre entre os centros de distribuição. Essas viagens também podem, e precisam, ser monitoradas e otimizadas. Por isso, trouxemos essas 3 dicas sobre como controlar  transferências entre os centros de distribuição.

1. Planejamento é o primeiro passo para aprender como controlar transferências

Transferências internas, como em geral não afetam diretamente o cliente, tendem a não ser tão bem planejadas quanto as entregas, mas isso não deve acontecer. Empresas que sabem como controlar transferências prezam por todas as etapas da boa logística, desde separação, carregamento, transporte e pontualidade. Quando seguem padrões, tanto a equipe de um centro de distribuição quanto de outro, sabem exatamente como proceder e as chances de aconteceram erros diminuem.

2. Use tecnologias diferenciadas para contratação de fretes

Quando os caminhões que fazem o transporte entre os centros de distribuição são parte da frota da empresa, fica mais fácil monitorá-los e prever situações de atraso, por exemplo. Mas como controlar transferências internas quando é preciso contratar motoristas freelancer? A melhor opção é ter um software de comunicação que pode ser instalado em qualquer smartphone. Assim, além de transmitir informações de localização, o motorista pode informar sobre eventos na estrada relacionados ao trânsito, necessidades de manutenção no caminhão, etc. Assim, a equipe que está esperando pela carga no outro centro de distribuição pode programar-se para receber a carga no momento certo.

3. Não se prenda somente ao transporte rodoviário

Se a sua carga precisa percorrer uma grande distância entre um centro distribuição e outro, que tal pensar no transporte intermodal? Como controlar transferências ficou muito mais fácil, não há problema em pensar nessa alternativa. As vantagens são a rapidez, a segurança e, dependendo do caso, vale a pena inclusive financeiramente. Por isso, leve em conta todas as possibilidades de transporte ao planejar transferências entre centros de distribuição.

Seguindo essas dicas sobre como controlar transferências, os processos da sua empresa ficarão mais organizados. Isso evita transtornos na hora de descarregar mercadorias, demora no transporte e custos desnecessários.

Ficou com alguma dúvida sobre como controlar transferências? Escreva um comentário para nós!

Crédito da imagem: falco/ CC

Como implantar uma solução de apoio a distribuição-02

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *