roteirizador

Por que investir em um roteirizador de frotas?

roteirizadorA demanda por agilidade nos processos e tomadas de decisão tem tornado o mercado mais competitivo e fomentado a inovação em todas as áreas. Para dominar esse cenário na logística e distribuição a dica é evoluir no planejamento e na gestão das informações da operação. Utilizar dados para otimizar a gestão e a operação é a chave para estar a frente dos concorrentes e manter a competitividade no mercado. E uma das ferramentas para isso é o roteirizador de frotas.

Desafios da roteirização

Entre os principais desafios enfrentados pelos gestores de transporte e distribuição está o planejamento de rotas. Além de prezar por rotas mais curtas, é preciso driblar o caos do trânsito das cidades, lutar contra o tempo em entregas emergenciais e até respeitar horários para circulação de determinados tamanhos de veículos. Com tantas variáveis, o atraso das entregas acabou se tornando um problema muito comum, mas que tem consequências graves para a sustentabilidade do negócio. O atraso implica na recusa do produto por alguns motivos, como:

  • Insatisfação do cliente;
  • Compra do mesmo artigo em outro local;
  • Mercadoria com avarias ou com prazo de validade vencido.

E como evitar que isso aconteça? A solução é a gestão de frotas bem feita e isso inclui a roteirização inteligente da frota , uma técnica de otimização de recursos das transportadoras. A diferença da roteirização comum é que essa técnica visa reduzir também o tempo de transporte, o que reduz desperdícios. Como não é tão fácil escolher o melhor caminho manualmente, há soluções específicas para isso no mercado. Um roteirizador cria uma rota ou itinerário de um local a outro sempre levando em consideração o melhor modal (de carro, de moto, de bicicleta, de transporte público ou até mesmo associando meios de locomoção), a melhor rota (nem sempre é a mais rápida ou curta) e as prioridades da empresa.

Benefícios de um roteirizador de frotas

Abaixo, separamos os principais motivos pelos quais as empresas estão investindo em um

roteirizador de frotas.

Previsão de gasto e economia de combustível

A ferramenta calcula automaticamente as despesas, baseando-se no tempo da rota, quantia de combustível necessária e o preço. A economia vem da otimização da rota automatizada, isto é, da análise do melhor trajeto. O roteirizador considera fatores como trânsito, quilometragem e pontos de parada.

Cálculo de quilômetros rodados

Empresas de transporte usualmente cobram por quilômetro rodado e por isso é essencial uma comparação entre a distância prevista e a percorrida. Na roteirização inteligente, o trajeto é traçado automaticamente com base no melhor caminho. Neste cálculo, a necessidade do cliente é sempre respeitada, como local e quantidade de pontos de parada e fuga de rotas de congestionamentos.

Cálculo dos pedágios do trajeto

A ferramenta deve estar constantemente atualizada sobre as taxas e praças de pedágio. Assim, é possível considerar o tipo de veículo que realizará a viagem, permitindo a integração do valor com o frete. Desse modo, a empresa verifica com as praças de pedágios que estarão na trajetória de distribuições antes e entrega o comprovante de pagamento das tarifas com o valor total da entrega.

Otimização das rotas

A otimização de trajeto visa a redução das distâncias. Isso gera ganhos de tempo nas operações (dimensionamento da carga e uso da frota) e auxilia na racionalização dos recursos humanos e de tempo. O grande trunfo do roteirizador é que ele expõe dados que podem ser utilizados de acordo com as prioridades da empresa: rota mais curta, mais rápida, com desvio, por vias principais, com melhor ordenação de retorno e assim por diante. A solução pode, por exemplo, agrupar automaticamente locais de entrega próximos para que o veículo não tenha de passar duas vezes pelo mesmo local ou não haja a necessidade de duas equipes diferentes para realizar entregas em localidades próximas.

Redução de gastos com manutenção

Quanto maior for a quilometragem rodada pelo veículo, maior será a frequência de manutenção (troca de óleo, pneu, filtro, etc). Isso significa que para diminuir gastos é preciso reduzir o percurso dos veículos ou evitar trechos mal conservados. Com uma roteirização automatizada, o caminhão irá percorrer estradas em boas condições e com distâncias reduzidas, diminuindo, assim, o desgaste do veículo. Fica claro que a tecnologia auxilia na resolução de problemas e automatiza processos. Em vez de inserir dados manualmente em uma planilha, gestores podem utilizar um roteirizador para ganhar precisão no controle de suas operações e garantir que os resultados sejam alcançados.
Quer saber mais sobre roteirizador e monitoramento de frotas? Baixe nosso ebook gratuitamente clicando aqui.

Crédito da imagem: David Guo/cc

cta-monitoramento

roteirização

Pontualidade: por que a roteirização aumenta a precisão das entregas?

roteirizaçãoA roteirização de entregas é uma ferramenta que tem sido usada por muitas empresas para melhorar a qualidade das entregas. Imagine a seguinte situação: uma distribuidora que trabalhe com entregas fracionadas precisa fazer 5 paradas em locais diferentes. O motorista é novato, tem vaga noção sobre como chegar aos locais. Nesse caso, é muito importante que ele esteja bem orientado para que o atraso em uma entrega não acabe comprometendo as outras. Sabemos que, mesmo que ele receba todas as coordenadas, essa missão é praticamente impossível sem o uso da tecnologia. O roteirizador de frotas é, nesse caso e também em outros, essencial para o sucesso do trabalho.

Como funciona a roteirização?

A roteirização usa de sistemas com tecnologia capaz de traçar os melhores caminhos para realizar entregas. Alguns deles são capazes, inclusive, de sugerir mudanças de rota em casos de imprevisto. O maior ganho, além da eficiência no trabalho, é na confiança com o cliente, já que a partir do momento que a empresa adquire uma solução para roteirização, a pontualidade passa a ser uma das principais características e diferenciais.

Será que é um bom investimento?

A dúvida de muitas empresas que trabalham com entregas ao pensar em adquirir uma solução para roteirização é sobre o ROI (retorno sobre investimento). Realizar uma mudança como essa dentro de uma empresa não é fácil nem barato, mas o retorno vem rápido e é definitivo. Além dos já citados ganhos de eficiência e relacionamento com o cliente, há também outros tipos de economia. Uma rota bem planejada gasta menos combustível, exige menos dos caminhões e demanda menos manutenção. Além disso, com o aumento da eficiência proporcionado pela roteirização, é possível que menos equipes façam o mesmo trabalho, diminuindo a necessidade de contratação de pessoas. Controlar os caminhos que o caminhão faz evita também os indesejáveis desvios de rota feitos por alguns profissionais por questões pessoais.

Emissão de relatórios

A administração da empresa também é beneficiada. A roteirização, quando associada a sistemas de gerenciamento de entregas, permite a emissão de relatórios que podem ser comparados e analisados para futuros planejamentos. Informações como: tempo de deslocamento médio de um ponto a outro, horários de recebimento de carga, velocidade média, pernoites dos caminhoneiros, horas extras, etc. podem ser usados para encontrar possíveis falhas ou méritos da entrega e melhorar a eficiência do trabalho. Um exemplo: se o sistema registrou que um caminhão fez um trecho em um dia e meio e outro, com as mesmas características, fez a mesma entrega em menor tempo, pode-se analisar e comparar por que isso aconteceu: houve algum imprevisto no caminho? O motorista foi eficiente o bastante? Muitas vezes um simples ajuste no horário de saída do caminhão pode diminuir muito o tempo de deslocamento.
O que você acha sobre a roteirização de entregas? Conte para nós nos comentários.

Crédito de imagem: Unsplash/CC

economia de combustivel

Por que é importante promover a economia de combustível no abastecimento da frota

economia de combustivelQuando o assunto é logística, a palavra economizar sempre é bem-vinda. Desde que não interfira na qualidade das entregas, as empresas fazem de tudo para diminuir custos. Junto com outras ações, promover a economia de combustível pode ser a chave para isso. Acontece que nem sempre esse tipo de corte é prioridade ou a questão não entra em pauta no dia a dia da empresa. Nos EUA, a EPA (Environmental Protection Agency), organização que protege o meio ambiente, posicionou-se em relação ao tema. A EPA acredita que as empresas de transporte não se esforçam para diminuir esses gastos e propôs, portanto, alterações nas  leis que tratam da emissão de gases emitidos pelos caminhões. Mas se é interessante para a economia e o meio ambiente, por que não economizar? Separamos três dicas que podem ajudar sua empresa a reduzir os gastos com combustível da frota. Leia mais