cubagem

Cubagem: saiba como um cálculo simples pode melhorar a eficiência da sua empresa

cubagemCubagem, nada mais é do que otimizar espaço. Sempre mencionamos aqui no blog que aproveitar espaços e otimizar recursos para que gerem o máximo de eficiência é o segredo do lucro de muitas empresas. O princípio básico da cubagem é reduzir uma carga de grande volume e baixa densidade até um tamanho que não danifique o produto e facilite o transporte. Utilizar essa técnica, que tem como base um cálculo matemático simples, serve simplesmente para otimizar o espaço dentro dos caminhões.

Quando devo optar pela cubagem?

Em linhas gerais, a cubagem é recomendada quando há um grande volume e baixa densidade, mas é necessário observar aspectos como: se a técnica não poderá danificar o produto, se a embalagem que ele está não será rompida, se ao retornar ao volume original ele terá as mesmas características (compactação), etc.

Optar pela cubagem diz respeito, principalmente, a economia. Caso não houvesse a opção de compactar uma carga de algodão, por exemplo, seria muito mais difícil transportá-la, já que apenas uma quantidade pequena (peso) com grande volume poderia ser levada de cada vez, aumentando os custos. Com a cubagem, a carga fica melhor acomodada e a capacidade do caminhão é melhor aproveitada.

Do ponto de vista do cliente, se o fator determinante para a cobrança do transporte é o peso, não faz diferença para ele se é utilizado ou não um processo de cubagem, mas se o volume for levado em conta sim. Desse modo, é preciso que a empresa que faz o transporte fique atenta e coloque uma taxa adicional caso o cliente opte por não fazer a cubagem, ou então a distribuidora terá prejuízos.

Como calcular a cubagem?

Para calcular a cubagem usa-se um cálculo simples:

Altura x Comprimento x Largura x fator de cubagem (300 para o Rodoviário).

O fator de cubagem não muda. Esse número foi fixado porque seria a referência para o peso recomendado de um metro cúbico.

Ficou com alguma dúvida sobre a cubagem? Conte para nós nos comentários.

cta-monitoramento

processos-logisticos

Processos logísticos: como a tecnologia pode contribuir para maior precisão nas entregas

processos-logisticosTrazer maior precisão para os processos logísticos é o desejo de todas as distribuidoras. Ter o mínimo desperdício com o máximo lucro, produtividade e, principalmente, satisfação do cliente é uma busca diária e nem sempre fácil. Experiência de mercado e profissionais competentes são boa parte do processo, mas sabemos que nos dias de hoje, com a concorrência cada vez mais acirrada, quem não conta também com a tecnologia para trazer maior precisão aos processos logísticos acaba ficando para trás. Muita tecnologia ainda está por vir e, em um futuro próximo a logística precisará estar integrada ao que chamamos de internet das coisas. Tudo será mais ágil e as próprias máquinas conversarão entre si, mas isso é um assunto para o futuro. Hoje falaremos sobre tecnologias que você precisa ter hoje para ser competitivo e garantir a maior satisfação possível do seu cliente.

Armazém eficiente

Ter um maquinário moderno e um armazém eficiente são peças chave para a organização dos processos logísticos, mas é impossível falar em tecnologia para armazéns eficientes sem mencionar o WMS, o sistema de gerenciamento de armazéns. Ele é a principal ferramenta para fazer a gestão, que inclui recebimento e expedição de produtos, conferências e separação. O uso de tecnologia para essas funções garante, por exemplo, que o cliente receberá o produto certo e com a maior agilidade possível. Também evita transtornos como contagem equivocada de produtos em estoque e a possível venda de algo que a empresa não possui.

Agilidade na entrega

O cliente, para ficar satisfeito, quer ter seu produto exatamente como pediu, entregue no prazo e em perfeito estado. Para isso, os processos logísticos de entrega de produtos precisam estar em dia. Tecnologias de gestão de entregas podem ajudar muito nesse caso. Elas garantem que o motorista fará a melhor gestão possível dos horários, rotas e ordem das entregas. A confiança do cliente também melhora significativamente, já que ele pode ter acesso ao status da entrega. A relação melhora também porque, se mesmo com todos esses cuidados, ainda houver erros na entrega, reverter devoluções torna-se muito mais fácil porque o próprio motorista intermedia a negociação, no local da entrega, para que apenas parte da carga seja entregue.

 

Investir em tecnologia nunca é desperdício de dinheiro, mas a garantia de que sua empresa será mais eficiente e os processos logísticos mais ágeis. É possível que haja resistência por parte de alguns funcionários que não querem a mudança, mas tenha certeza de que essa dificuldade poderá facilmente ser superada com um pouco de paciência e dedicação.
Conhece outras ferramentas que podem melhorar os processos logísticos? Conte para nós nos comentários.

Crédito da imagem: geograph.org.uk/CC

logistica-reversa

Distribuição e logística reversa: como implantar?

logistica-reversaCada vez mais as pessoas têm procurado serviços e empresas com compromisso socioambiental. A logística reversa cumpre exatamente este compromisso, pois recolhe os resíduos gerados pelo produto de determinada empresa e dá o destino correto, inclusive reaproveitando os resíduos na própria indústria. Além de sustentável, a empresa que tem essa prática é vista com bons olhos e cria um relacionamento de cumplicidade com seus clientes. Mas, afinal, como implantar esse sistema?

  • Explique aos seus clientes o que é logística reversa

Para uma empresa que não trabalha com a logística reversa e pretende começar, o primeiro passo é criar uma campanha de conscientização. Vale imprimir avisos nas embalagens, fazer propaganda, acionar a equipe comercial. A estratégia depende do perfil da empresa e do cliente, o que importa é que todos fiquem sabendo.

  • Faça-os trabalhar como parceiros

Se o seu cliente é o consumidor final, peça para que ele reserve um cantinho no quintal, oriente o síndico e o porteiro do prédio sobre a devolução dos materiais para a empresa. Caso seu cliente seja uma loja ou supermercado, por exemplo, faça com que ele engaje seus clientes, participando da campanha e também reservando um lugar no espaço comercial para a devolução dos resíduos.

  • Faça dar certo

De nada adianta todos colaborarem se sua empresa não está preparada para a logística reversa. Para diminuir custos, o ideal é que os caminhões não façam viagens apenas para recolher os resíduos. A ideia é que eles sejam devolvidos junto com a entrega da próxima remessa. Para isso, é preciso que eles estejam limpos e que não contaminem o caminhão ou outros produtos. Esteja certo que que esse processo está de acordo com as normas sanitárias.

Além de clientes fiéis e uma boa imagem diante da sociedade, a logística reversa pode gerar economia. Pode parecer um gasto desnecessário transportar resíduos, mas quando reaproveitados de maneira correta podem diminuir bastante os gastos com embalagens. Vale até repensar o material que sua empresa usa. Garrafas de vidro, por exemplo, tem um tempo de vida útil grande e podem ser reutilizadas várias vezes.
Tem alguma dúvida sobre logística reversa? Escreva para nós.

Crédito da imagem: freestockphotos/cc

alta tecnologia na gestão de armazéns

Automação e alta tecnologia na gestão de armazéns

alta tecnologia na gestão de armazénsCada vez mais empresas de logísitica percebem que usar alta tecnologia na gestão de armazéns é o futuro para empresas bem sucedidas. Um texto publicado no portal Supply Chain 247, no mês de junho anuncia: o mercado de robótica colaborativa deve ultrapassar US$ 1 bilhão até 2020, um aumento de dez vezes em cinco anos. Os dados são do estudo Collaborative Robotics: State of the Market / State of the Art, publicado pela ABI Research. Esse setor está se expandindo rapidamente com novas ofertas de produtos lançados no mercado tanto para grandes quanto para pequenas e médias empresas.

Contagens baseadas em papel devem ser as primeiras a desaparecer. Sistemas automatizados de gestão de armazéns (WMS) em breve deixarão de ser desejáveis e passarão a ser essenciais. Outras ferramentas também devem passar a fazer parte do processo. Alguns exemplos de alta tecnologia na gestão de armazéns são:

    1. Comando de voz: A tecnologia de voz usa reconhecimento de fala para permitir que os trabalhadores se comuniquem com o Sistema de Gerenciamento de Armazéns (WMS).
    2. Realidade aumentada: são dispositivos que misturam o real com o virtual. Óculos de realidade aumentada, por exemplo, podem ajudar na conferência de itens do armazém e melhorar a produtividade do trabalhador.

O uso de alta tecnologia na gestão de armazéns é recomendado principalmente para a realização de tarefas que exijam esforço repetitivo ou em processos em que erros podem causar grandes transtornos ou prejuízos. Como todo processo de automação, o objetivo é posicionar as pessoas como idealizadoras e gestoras de atividade que as máquinas podem executar com mais precisão, evitando acidentes de trabalho e aumentando a produtividade.

Parece algo distante, mas o uso da alta tecnologia na gestão de armazéns já é uma realidade em grandes empresas. Já existem muitos armazéns que usam sistemas de gerenciamento de armazéns (WMS), coletores de dados com ótimos resultados mesmo em pequenas e médias empresas. Tecnologias desse tipo estão cada vez mais acessíveis e fáceis de manipular.
Nesse cenário, empresas que resistirem à mudança ou não se adaptarem, certamente ficarão para trás. E a sua empresa, usa alta tecnologia na gestão de armazéns?

supply chain BI

Supply chain BI: como aplicar inteligência de negócio nas entregas?

supply chain BISupply chain BI é uma aplicação da inteligência empresarial à logística. Com Supply chain BI, é possível dar valor às informações, transformá-las em dados e usá-los para promover ações estratégicas. Foi-se o tempo em que feeling e tentativa e erro serviam para o sucesso. Hoje, para ser mais competitivo, é preciso planejar. Por isso, ações estratégicas de coleta de dados são cada vez mais decisivas. Leia mais

formação de gestores em logistica capa

Formação de gestores em logística: referências e informações para quem quer se especializar na área

formação de gestores em logistica capaO profissional de logística tem sido cada vez mais requisitado pelo mercado. Isso porque o setor é estratégico, e torna-se o diferencial competitivo uma vez que realize entregas com rapidez, eficiência e menos erros. A questão é que pessoas especializadas na área são raras, por isso muito disputadas pelo mercado. Por esse motivo, respondemos algumas dúvidas comuns de quem pretende ser um gestor em logística e não sabe por onde começar. Leia mais

MDF-e na distribuição

4 benefícios do MDF-e na distribuição

MDF-e na distribuiçãoO Manifesto de Documento Fiscal eletrônico (MDF-e) é uma nova forma de emitir documentos fiscais, substituindo arquivos como o Manifesto de Carga modelo 25 e a CL-e (Capa de Lote Eletrônica). O MDF-e surgiu com o objetivo de relacionar toda a documentação que é exigida para uma distribuidora expedir uma carga, pois esses documentos têm destinatários diferentes, dificultando a gestão, o envio e o armazenamento. Além da organização, o manifesto também gera outros benefícios para o setor. Por isso, separamos abaixo quatro melhorias do MDF-e na distribuição. Leia mais

reverte devoluções

Case de sucesso: Atacadão Centro Sul reverte R$47 mil em devoluções em um mês

reverte devoluçõesQuanto mais uma empresa reverte devoluções, mais o processo de logística deve ser considerado um sucesso. É fato que lidar com isso faz parte da rotina e acabar totalmente com elas é praticamente impossível, mas aumentar o número de entregas com êxito total é motivo de comemoração. Foi o caso da empresa Atacadão Centro Sul, que reverteu R$ 47 mil em devoluções em apenas um mês. Isso aconteceu porque a empresa, que fica na cidade de Salvador (BA), adquiriu uma solução de gerenciamento de entregas em tempo real. Leia mais

planejar o carregamento

Conheça os benefícios de planejar o seu carregamento

planejar o carregamentoBoa parte do sucesso da logística depende do planejamento. Planejar o carregamento  aumenta a eficiência das entregas, diminui erros e evita danos nos produtos. Para que isso ocorra, todas as etapas da distribuição devem ser levadas em conta. É necessário, portanto, que haja um padrão de procedimentos e que todos os envolvidos nos processos estejam cientes e treinados para agir de acordo com definido. Feito isso, haverá muitos benefícios. Separamos alguns deles Leia mais

desperdícios no armazém

3 dicas para evitar desperdícios no armazém

Feel free to use this image, just link to www.SeniorLiving.Org

A logística está sempre em busca de redução de custos e aumento da produtividade. Para atingir esses objetivos, diversas medidas podem ser implementadas, como um bom planejamento e a utilização de tecnologia. Mas outras tarefas diárias também contribuem para otimizar o trabalho nesse ambiente. Pensando nisso, separamos 3 dicas para evitar desperdícios no armazém. Confira. Leia mais