armazem do futuro

Como a Cisco vê o armazém do futuro

armazem do futuroA Cisco, líder mundial em Tecnologia da Informação, tem concentrado esforços em pensar como será o armazém do futuro. Em um artigo publicado no portal Modern Materials Handling, o diretor sênior de logística da empresa, Jack Allen, revela o que a empresa pensa sobre processos de logística e dá pistas sobre as soluções que a Cisco pretende desenvolver para transformá-los. Para ele, o armazém do futuro não deve estar concentrado em desenvolver processos de automação mecânica em si, mas aprimorar-se em no desenvolvimento de softwares.

Allen acredita que o que vai reger os armazéns será a internet das coisas. Esse conceito prevê que caminhões, empilhadeiras, embalagens, paletes, etc. comuniquem-se entre si com inteligência e menos interferência humana. Essa comunicação será feita por meio de sensores, com coleta e análise de dados. No armazém do futuro, tudo vai funcionar automaticamente e de forma integrada. Isso inclui que as máquinas saberão como agir, por exemplo, no caso de importantes oscilações de mercado ou identificando tendências através de redes sociais. A interferência das pessoas só será necessária em eventos especiais ou exceções.

Dessa forma, a maior parte da inteligência logística não será mais operacional, mas de informação. Os softwares serão abastecidos por dados interpretados e agirão de forma precisa, com bem menos erros, em todo o resto. Por fim, Allen explica que usar cada um dos processos isolados em si não é algo novo, a novidade é a integração, as amarras. Estamos no caminho. Já existem armazéns muito eficientes que usam sistemas de gerenciamento de armazéns (WMS), coletores de dados e otimização de rotas, mas que agem de forma isolada, com bastante interferência humana. O desafio é fazer com que esses sistemas funcionem de forma quase independente e que os humanos concentrem-se apenas na parte de inteligência dos sistemas, gerenciando-os.
E você? o que acha do armazém do futuro pensado pela Cisco?

Crédito de imagem: falco/cc

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *