acompanhamento de entregas

Como convencer sua equipe dos benefícios do acompanhamento de entregas

acompanhamento de entregasSe você é gestor de entrega e acompanha nosso blog, provavelmente concorda que o acompanhamento de entregas se tornou essencial para reduzir custos e aumentar os lucros da distribuidora. Agora, é preciso convencer a sua equipe disso.

Para conquistar os usuários da solução, você precisa primeiro alinhar os colaboradores com os objetivos da empresa. Quando se consegue manter colaboradores alinhados à implantação de um novo sistema, a mudança da cultura organizacional é mais rápida e fácil. É essa mudança na visão sobre um sistema de monitoramento que será o ponto inicial para a motivação deles.

Seus colaboradores precisam saber que um necessita do outro para desempenhar suas atividades com maior eficácia. Uma sugestão seria fazer uma campanha de endomarketing de apoio à gestão, que mostre a importância da implantação do novo processo e doalinhamento de todos da equipe.

Nessa campanha, que pode ser realizada com o apoio de vídeos, workshops ou mesmo reuniões presenciais, deve-se deixar claro que o acompanhamento não serve apenas para monitoramento e fiscalização do colaborador. Um sistema de acompanhamento de entregas vai além, e se bem utilizado, pode se tornar um instrumento para medir e melhorar a produtividade das equipes, além de detectar erros durante as entregas. A solução permite que o time de entregas aponte os problemas em tempo real e ajuda os gestores a tomarem decisões e ações preventivas no menor tempo possível.

O importante é convencer seus colaboradores dos benefícios da ferramenta para eles e para a empresa. Eles terão um apoio maior e também em tempo real caso algo não saia como previsto. Os colaboradores mais produtivos podem ser recompensados de alguma forma, por exemplo, ou um desafio pode ser lançado para toda equipe.

Se você quer saber quais são os processos de implantação de uma solução de gestão de entregas – o convencimento da equipe está entre eles – pode baixar o white paper sobre o tema clicando aqui.

Crédito de imagem: geralt/CC

hb.mdm-7-erros-

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *